Muitos pais acreditam que crianças expostas a duas ou mais línguas tendem a ter um atraso no desenvolvimento da linguagem e ao menor sinal de lentidão ficam inseguros quanto a continuar ou não proporcionando uma educação bilíngue aos filhos.

Pesquisas indicam que filhos de pais residentes no exterior, quando a criança aprende a língua nativa em casa com o pai ou a mãe, e o adulto não é coerente no uso do idioma, falando com a criança às vezes na língua do país de residência e outras vezes no idioma nativo dos país, a tendência é que a criança desenvolva bilinguismo passivo, respondendo na língua do país de residência quando o adulto se dirige a ela no idioma nativo.

Por mais que isso seja frustrante e difícil para os pais, principalmente quando um deles é nativo do país de residência, tente motivar o seu filho a falar português, preferencialmente de maneira sutil, mas sem forçá-lo. Especialmente no caso de adolescentes, forçá-los a falar um idioma que não é o local, pode ter um efeito totalmente contrário do desejado, pois o adolescente tem uma forte necessidade de ser aceito no grupo de amigos e falar o idioma nativo é a sua ferramenta mais valiosa.

educar-filhos-no-estrangeiro-dicas-press-abroad

Alguns dos benefícios do bilinguismo infantil são:

  • A criança tende a ser mais criativa;
  • Apresenta melhor desempenho acadêmico;
  • Maior habilidade em atividades lógicas e de comunicação;
  • Facilita o aprendizado de outros idiomas;
  • Maior tolerância às diferenças entre pessoas;
  • Valorização e compreensão de outras culturas;
  • Maior facilidade de adaptação em novos ambientes;

Algumas sugestões para ajudar o seu filho a falar português:

  • Tenha paciência, tente melhorar a sua comunicação com a criança de uma maneira geral. Aprenda a ouvi-la, aproxime-se dela;
  • Seja realista e considere se seu filho teve exposição suficiente à Língua Portuguesa;
  • Demonstre satisfação com qualquer sinal de melhora do português do seu filho, especialmente o uso ativo da língua;

No mundo globalizado em que vivemos, existe uma enorme vantagem em entender as diferenças culturais e falar mais de um idioma.

Imagem: shutterstock

Leia também:

Colaborado por: Silvana Sapyras Byrne, Psicóloga Intercultural, Membro da Sociedade de Psicologia da Irlanda. Atendimento psicoterapeutico presencial em Dublin e por Skype para clientes residentes em outras localidades. Mobile: 0863429003 ou Facebook

Conheça Varsóvia, na Polônia


COMPARTILHAR
Silvana Sapyras
Psicóloga Intercultural, Membro da Sociedade de Psicologia da Irlanda. Silvana também trabalha com atendimento psicoterapeutico presencial em Dublin e por Skype para clientes residentes em outras localidades. Sua pagina no facebook é: facebook.com/Intercultural.Psychotherapy