Paris é uma cidade cara, principalmente quando o assunto é hospedagem. Mas a capital da França é uma das campeãs mundiais no quesito atrações turísticas gratuitas. O roteiro inclui passeios incríveis, para guarda na memória a vida inteira. A lista abaixo apresenta algumas dessas atrações:

Todos os ângulos da Torre Eiffel

DSCF4088

Para subir na Torre Eiffel você terá que desembolsar alguns euros e ficar um bom tempo na fila de espera. Mas a vista mais legal da torre não é do alto dela, e sim ao redor. O Campo de Marte, onde a torre está, oferece o visual incrível, enquanto a Praça do Trocadéro tem uma vista simplesmente espetacular. Além de tirar várias fotos do maior cartão-postal da França, aproveite para fazer um piquenique – leve pães, queijos, sucos (ou uma garrafa de vinho), e curta Paris no melhor estilo.

Catedral de Notre Dame

A entrada na igreja mais famosa de Paris é de graça – você só paga se quiser ver as gárgulas de perto, do alto das torres, ou fazer outras visitas especiais. A Catedral abre todos os dias, de 8h às 18h45 (o encerramento  é às 19h15 aos sábados e domingos). Para os católicos, também é possível participar de uma missa ou até mesmo se confessar com um dos padres, inclusive em português.

Sacré Coeur + Montmartre

 Sacre

Se Notre Dame é a igreja mais famosa da cidade, Sacré-Couer não está muito atrás. Fica numa colina relativamente afastada do centro e, por isso mesmo, oferece ótima vista de Paris, com direito a Torre Eiffel compondo o cenário. Além de visitar a igreja, aproveite o tempo para conhecer o Montmartre, um dos bairros mais boêmios da cidade. O Moulin Rouge também está nesse bairro – a entrada custa caro, claro, mas o que a maioria dos turistas faz mesmo é tirar uma foto na porta do famoso cabaré

Père Lachaise

Em Paris, até cemitério é atração turística. O mais badalado deles é o de Père Lachaise. E não apenas pela incrível arte tumular – esse é o local de descanso de muita gente famosa, tipo Jim Morrison e Oscar Wilde.

Arco do Triunfo e Champs-Élysées

arco

Assim como a Torre, para subir no Arco do Triunfo é preciso pagar. Só que essa passa longe de ser a parte mais interessante de uma visita a esse símbolo da França, afinal de contas do alto do Arco você não vê… o Arco! Reserve algumas horas para conhecê-lo, junto com uma caminhada pela Champs-Élysées, possivelmente a avenida mais bonita do mundo.

Jardim das Tulherias

De um lado, o Sena. Dos outros, a Praça da Concórdia e o Louvre. Esse é o Jardim das Tulherias, que existe desde o século XVI e ainda hoje é uma das áreas verdes mais famosas de Paris.

Jardins de Luxemburgo

Por falar em parque, nenhum é maior que os Jardins de Luxemburgo, outra opção fantástica para ver a vida passar, apreciar a paisagem e relaxar. Estátuas, esculturas e um lago ajudam a tornar o local ainda mais agradável.

Place des Vosges

Praça linda, para muitos a mais bonita da cidade. Foi construída em 1605 e chegou a ser residência real, além de ter tido moradores ilustres, entre eles o escritor Victor Hugo.

Museu de Arte Moderna de Paris

Dono de uma das maiores coleções de arte moderna e contemporânea do mundo, esse museu de Paris é de graça! Funciona de terça a domingo, de 10h às 18h, dentro do Centre Pompidou.

Museu Carnavalet

Com centenas de anos e muita coisa para contar, Paris merecia mesmo um museu para contar sua história. É o Carnavalet, que funciona de terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h30).

Praça da Concórdia

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Para quem gosta de História a Praça da Concórdia é uma parada obrigatória. Muito mais do que um espaço público bonitinho, com o Arco do Triunfo dando as caras ao fundo da Champs-Élysées, essa Praça foi cenário para centenas de execuções durante a Revolução Francesa, incluindo a do Rei Luis XVI, que perdeu a cabeça ali. Ande até o obelisco e procure por uma placa no chão da Praça, marco de momentos fundamentais para a História da humanidade.

Praça da Bastilha

Se a Praça da Concórdia já é importante, a da Bastilha nem se fala, né? Procure pelo obelisco que marca o local onde estava a antiga prisão, destruída durante a Revolução Francesa. Aproveite para relembrar tudo que você aprendeu sobre a Queda da Bastilha.

As pontes de Paris

 pontes

As pontes do Sena são muito mais do que meios de cruzar o rio. Construída no final do século 19, a Ponte Alexander III costuma ser a favorita de quase todo mundo. A estrutura tem estátuas de querubins, ninfas e cavalos. Além dela, a Ponte Neuf, a mais antiga da cidade, também tem seu charme.

Fonte: 360Meridianos