Roteiro: 3 dias em Chiang Mai, na Tailândia

Depois de passar 4 dias em Bangkok, seguimos para Chiang Mai pela companhia AirAsia, uma das mais importantes low-cost do continente Asiático. O voo teve duração de uma hora e foi super tranquilo.

Localizada numa região montanhosa no norte da Tailândia, a 800 quilômetros de Bangkok, Chiang Mai é a segunda maior cidade do país. Antiga capital do Reino de Lanna, foi fundada em 1296 pelo Rei Mengrai que construiu um muro ao redor da cidade para protegê-la dos ataques de Burma.

Na cidade existem mais de 300 templos, quase impossível de conhecer todos em poucos dias. Também existem muitas atividades super interessantes nos arredores.

Nós ficamos 3 dias completos, foi suficiente para ver as principais atrações que havíamos planejado. Confira o nosso roteiro:

Dia 1: Conhecendo os Templos e a cidade

Chaing-Mai-Tailandia-roteiro-Asia-press-abroad2

  • Wat Phra Doi Sutep
templos-chaing-mai-press-abroadWat-Phra-Doi-Sutep
Wat Phra Doi Sutep

O Wat Phra Doi Sutep teve sua construção iniciada em 1386, localizado na montanha de Doi Sutep, alguns quilômetros do centro da cidade.

templos-chiang-mai-tailandia-press-abroad
Escadas de acesso a saída do Wat Phra Doi Sutep. Existe um elevador para subir até o templo

Existem várias formas para chegar até ele; pacotes turísticos, transporte alugado, etc. A gente preferiu contratar um motorista privado oferecido por uma agência local.

  • Wat Chedi Luang
Wat Chedi Luang-press-abroad-templos-tailandia
Wat Chedi Luang

É um dos templos budistas mais antigos do país, construído no século XIV, fica no centro histórico. Atualmente, em sua volta existem mais três templos – Wat Chedi Luang, Wat Tham e Wat Ho.

templos-tailandia-chaing-mai-press-abroad-1
A religiosidade é também um dos destaques de Chiang Mai
  • Wat Phra Singh
budistas-Wat_Phra_Singh_-_Chiang_Mai
Wat Phra Singh

Wat Phra Singh é o templo mais venerado de Chiang Mai, sua prosperidade é fácil de ver a partir dos edifícios monásticos luxuosos e jardins impecáveis. Os peregrinos vão até ele para venerar a famosa imagem de Buda conhecido como Phra Singh.

Dia 2: Passeio de elefante, Bambu Rafting, Trilha pelas montanhas

Muita gente vai para Tailândia com o desejo de ver e até mesmo fazer um passeio de elefante e, claro, nós também queríamos algo diferente.

Contratamos uma agência local e encontramos o pacote ideal, que incluía andar de elefante, assim como atividades aquáticas e trilha pelas montanhas.

  • Passeio de elefante
passeio-de-elefante-chaing-mai-press-abroad
Na fazenda dos elefantes

Chiang Mai é um dos locais mais indicados para esse tipo de diversão na Tailândia, nós fomos e adoramos.

passeio-de-elefante-tailandia-press-abroad
Passeando de elefante
  • Bambu Rafting

    É uma atividade recomendada para todas as idades, o passeio dura quarenta minutos em média.

tailandia-press-abroad
Bambu Rafting

Bambu-Rafting-tailandia-press-abroad

  • Trilha pelas montanhas

O nosso objetivo era ficar longe do caos urbano, sem telefones e internet; queríamos um pouco de paz!

A trilha tem duração de uma hora de caminhada pelas montanhas até chegar a uma cachoeira lindíssima, ótimo para relaxar, especialmente sob um calor de mais de 30ºC. 

cachoeira-tailandia-press-abroad
Trilha pelas montanhas

Dia 3: A tribo de Karen

Entre os locais mais visitados está a tribo de Karen, mais conhecida como a comunidade das mulheres do pescoço de girafa. Elas têm origem Birmânica e vivem como refugiadas na Tailândia. Sem permissão de trabalho, elas se dedicam ao artesanato como forma de sobrevivência.

Vila-dekaren-tailandia-rpess-abroad
Artesanatos produzido pelas mulheres de Karen

Segundo os Tailandeses, no passado a vila de Karen foi atacada por tigres, deixando diversas mulheres mortas.  As vítimas eram lesionadas sempre no pescoço e por este motivo, começaram a usar aneis para se proteger de futuros ataques.

vila-karen-tailandia-press-abroad
As jovens da vila de Karen

tribo-dekaren-chiang-mai-tailandia-press-abroad

 Hospedagem e Seguro Viagem

O site Booking é a nossa dica para escolher as melhores opões de hospedagens, é seguro e super confiável. Confira a lista completa de hospedagem aqui.*

A nossa experiência em viajar pelo mundo nos ensinou que é preciso ter um bom Seguro de Viagem, além de ser um item exigido por muitos países, contratar esse serviço é muito importante para minimizar alguns problemas na sua viagem.

A boa notícia é que você pode solicitar uma cotação clicando aqui e receber até 15% desconto na compra do serviço. Nós compramos com a OK Intercâmbio.*

* Informamos que ao comprar os serviços através dos links acima, você ajuda o site receber uma pequena comissão dessas empresas, mas você não paga nada a mais por isso.

Leia também: 



Booking.com


Neutton Rodrigues
Luso-brasileiro, nômade por natureza, Neutton já visitou mais de 25 países. Após concluir o curso de Comunicação Audiovisual e Multimídia, em Portugal, resolveu apostar na Espanha, onde especializou-se em Comunicação Corporativa e Marketing Digital. Atualmente, reside na Irlanda, mas segue apaixonado pela cultura ibérica! É o idealizador do Portal Press Abroad e junto de parceiros tem o intuito de incentivar pessoas a viver experiências pelo mundo.