Hoje mais cedo aconteceu a audiência final do processo movido pelas escolas de inglês de Dublin, NED Training Centre e AB College, contra o Ministério de Educação Irlandês. Segundo o advogado das escolas, Martin Malone, a juíza responsável pelo caso deu ganho de causa para as escolas e revogou a decisão do selo obrigatório para todos os estabelecimentos de ensino.
A partir desse momento, todas as escolas de inglês poderão operar normalmente e receber alunos não-Europeus.
O Press Abroad continua acompanhando o caso e aguarda mais informações e detalhes sobre a situação das escolas da Irlanda.

ENTENDA O CASO
Em setembro do ano passado, o Ministério da Educação emitiu uma série de novas regras que entrariam em vigor a partir de 01 de janeiro de 2015, onde apenas escolas com o selo ACELS poderiam receber alunos não-Europeus para cursos de longa duração.
NED Training Centre e AB College recorreram da decisão, alegando que o prazo exigido para adaptação era inconsticional por não haver tempo hábil e que o ACELS não cumpriu prazos estabelecidos para fiscalização de ambas as escolas..
No final de dezembro, devido ao processo, a lista constando o nome das escolas foi atrasada para 21 de janeiro de 2015.
Entretanto, é importante frisar que a regra para trabalho (20h semanais e 40h apenas para os meses de férias) continua válida desde o dia 01 de janeiro de 2015.

Imagem reprodução