A sentença do processo judicial apresentado por duas escolas de idiomas em Dublin, a NED Training Centre e a AB College, contra o Ministério da Educação da Irlanda, decidiu a favor dessas escolas.

A juíza encarregada do caso, deu por anulada a obrigação de cada instituição de ensino para estrangeiros em obter a acreditação ACELS.

A seguir, em tradução livre, o comunicado oficial publicado na página do Departamento de Justiça e Igualdade irlandês:

A sentença do Supremo Tribunal, ontem, relativa ao caso apresentado pela National Employment Development and Training Centre e pela Academic Bridge, está a ser examinada pelos Departamentos de Justiça e Igualdade, Educação e Competências.

Os Ministros da Justiça e Igualdade, Educação e Competências estão extremamente empenhados em entregar as reformas regulatórias do Governo ao programa nesta área, anunciadas em Setembro de 2014. Os Ministros irão examinar o leque de opções que estão disponíveis para que o progresso das reformas ocorra de uma forma consistente com a decisão do Supremo Tribunal e sem o prejuízo de um possível recurso.

O Governo compromete-se em manter a reputação da Irlanda como um destino de qualidade elevada para estudantes internacionais e irá continuar a implementar as reformas necessárias para manter essa reputação.

A sentença final irá ser publicada amanhã, dia 15 de Janeiro. O Press Abroad vai continuar a acompanhar o caso e informar sobre o assunto ao longo dessa semana.

→ LEIA TAMBÉM: NED Training Centre e AB College têm resultado favorável em ação judicial

Fonte: Justice.ie