Quem gosta de balada tem opções incríveis para curtir as melhores festas do verão europeu. A lista abaixo traz um roteiro com os lugares mais badalados e com experiências bem diferentes para curtir música e diversão:

1 – Londres

londres

Há mais de dez anos, o coletivo Secretsundaze organiza algumas das melhores festas diurnas da capital inglesa, que no verão se intensificam. Apesar das locações variarem, eles encontraram lar no Oval Space, em Bethnal Green, espaço com dois terraços ao lado da pista principal. Com uma ótima seleção de DJs convidados, parece que você está em um festival, com a diferença de que não há tempo ruim – a não ser o londrino.

2 – Budapeste

Budapeste

A capital húngara tem ares de Europa antiga, mas quando a temperatura sobe, a população ferve. Nas termas de Széchenyi Bath, onde piscinas ao ar livre contornam um palácio neobarroco, há eventos do começo de junho até setembro. Algo menos molhado pode ser encontrado, curiosamente, na Ilha Hajogyari, no Rio Danúbio, que tem boates com pistas ao ar livre e recebe o Sziget Festival em agosto.

3 – Ilhas Baleares

Ilhas

Enquanto a vida noturna de Ibiza se reinventa depois de Las Vegas tomar seu posto como meca da eletrônica mainstream, aproveite o dia em um dos únicos lugares em que é possível dançar à tarde sem praticar contravenção: o Ushuaia Beach Hotel, onde a piscina é o coração da festa e os melhores DJs tocam regularmente. Perto dali, na Ilha de Formentera, o clima é mais tranquilo nos eventos do Gecko Beach Club – mas não no período em que Leonardo DiCaprio costuma se hospedar.

4 – Grécia

 

grecia

No Egeu, duas ilhas se sobressaem quando se fala de festa na praia. A primeira é Míconos, que tem no Nammos Beach Club o principal ponto de encontro da elite ateniense, onde muitos vão se esbaldar de lagosta e champanhe Crystal no restaurante antes de ir noite adentro. A segunda é Ios, autointitulada “party island”. Ali, na beira da Praia de Mylopotas, as festas na piscina do Far Out Beach Club são lendárias.

5 – Paris

paris

Se à noite Paris não é mais uma festa assim tão grande (a não ser que você se mande para Pigalle), melhor aproveitar mesmo o dia. Na margem esquerda do Sena, no 13º arrondissement, o multifacetado Wanderlust tem, além de restaurante, bar e cinema a céu aberto, o maior terraço externo da cidade, onde está o club Nüba, em que os organizadores do festival Calvi on the Rocks e a turma do Été D’Amour fazem festa. A empreitada é do grupo Savoir Faire, do Social Club e Silencio.

6 – Croácia

Croácia

Uma vez em Hvar, maior e mais badalada ilha do litoral croata, saiba que a diversão está em outra ilhota: Stipanska. Tudo bem que daria para acessá-la a nado, mas não se você quiser se acabar no Carpe Diem Beach Club, especialmente nas noites de lua cheia, quando acontecem as festas mais loucas. Outro nome certo é o The Garden, tanto o bar ao ar livre rodeado de ruínas venezianas na cidade de Zadar como o complexo em Tisno, numa praia semiexclusiva onde acontecem pequenos festivais ao longo do verão.

Fonte: GQ Brasil