O post numa rede social, falando sobre o gasto mensal com supermercado em Dublin, na Irlanda, cresceu e virou uma pesquisa. Sabia que divulgar minhas despesas poderia ajudar os futuros intercambistas a terem uma noção do que comprar e de quantos euricos destinar para este fim,  mas seria melhor ainda se pudesse trazer um quadro mais abrangente, com mais respostas, de hábitos de compras diferentes. Vamos combinar, né? Quem vem pra Dublin e não compra cerveja? Eu! Mais alguém? ♪♫ Cri-cri-cri…

Desenvolvi um formulário simples e postei nos grupos Classificados Dublin, no Facebook. O intuito principal era descobrir a média de gastos, mas alguns detalhes não poderiam ficar de fora, como a frequência das compras e quais estabelecimentos eram mais frequentados. Recebi 106 respostas e tentei entender a matemática do Google, mas não consegui (em algumas perguntas, a soma é inferior ao número de respostas) e resolvi postar o resultado aqui para quem quiser ver:

Hábitos de compra , Supermercado em Dublin: confira gráfico aqui.

Havia um campo para respostas livres à pergunta “Que dica você daria para quem quer economizar?”. Encontrei diversas sugestões úteis e  (outras nem tanto assim, como uma que dizia para furtar pequenos produtos diariamente. Oi?). Já que muitas frases diziam a mesma coisa, compartilho um compilado dos melhores conselhos recebidos – meus comentários em verde:

  • Fazer sanduíche com algo diferente de presunto e queijo. Um pacote de cada não dura uma semana, ai vai quase uns 20 euros no mês só disso.
  • Procure comprar a promoção do dia de verduras e legumes.  E compre os produtos marca branca (marca do supermercado). Já comprei um quilo de batata e um quilo de maçã verde por € 0,49 (cada)  no ALDI.
  • Separe a compra entre supermercados diferentes, cada um tem um tipo de produto mais barato.
  • Comprar também nos mercadinhos chineses, poloneses e etc. Pesquisei e comprovei: é mais barato comprar peito de frango no Polonez. O quilo custa € 6,50.
  • Fazer lista de compras para evitar comprar o que não precisa.
  • Cozinhe. Fuja dos congelados.
  • Ir à feira da Moore Streetmoore-street (2)
  • Adaptar o cardápio com as promoções da semana dos mercados.
  • Ficar atento ao “reduced” dos mercados. Por volta das 18h, o Tesco coloca novos produtos na prateleira de promoções.

Recapitulando: Dá pra viver com menos de € 100 por mês, por pessoa, sim!!! Basta ficar atento às ofertas e comprar em mais de um lugar. É trabalhoso, mas salva o bolso! Acho que essa frase vai virar meu bordão daqui pra frente! 😉 No mais, espero que essas dicas e o resultado da pesquisa ajudem a planejar o orçamento de quem tá pensando em passar um tempinho por aqui.

Por: Savana Caldas

*Esse conteúdo é compartilhado com o Blog Savana in Dublin