O Intercâmbio do amor: como enfrentar a distância ou uma nova cultura

O afeto e o amor são necessidades primárias de todas as pessoas, por isso, quando alguém mora ou passa por um período longo no exterior é natural sentir solidão e a carência por um relacionamento mais íntimo se torna mais evidente, tornando a pessoa mais vulnerável ou aberta para relacionamentos amorosos, o que pode fortalecer um relacionamento à distância ou a busca de um novo amor.

Um acontecimento muito comum entre os estudantes de intercâmbio é se envolver afetivamente com um nativo ou com alguém de outra nacionalidade, uma vez que a atração pelo diferente cria uma espécie de “magia” no relacionamento, além da oportunidade de praticar o idioma, afinal nada melhor que unir o útil ao agradável. Por outro lado a diferença cultural e a falta de fluência no idioma podem causar algumas dificuldades para o convívio do casal, assim certas atitudes podem facilitar o convívio intercultural do casal:

1. Evite comparações e críticas, olhe para as diferenças como algo divertido, isto torna o clima muito mais agradável. O casal pode encontrar um equilíbrio entre as “melhores coisas de cada cultura”;

2. Se possível, tente conhecer a família e amigos do seu parceiro, mesmo que seja de forma virtual;

3. Demonstre curiosidade e aprenda sobre a cultura de seu parceiro;

4. Pratique o idioma. Praticar com um nativo ou alguém de outra nacionalidade torna a aprendizagem mais natural e descontraída, além do mais, o desejo de se comunicar aumenta a motivação para adquirir a fluência no idioma;

5. Amor vai além das palavras, assim, não se fruste se não conseguir se expressar exatamente da forma que gostaria. O casal aprende a se comunicar de outras formas.

Mas e para aqueles que têm um relacionamento estável e o parceiro não pode acompanhar durante o período do intercâmbio?  Sem dúvida existem os desafios e dificuldades de manter um relacionamento à distância, mas a tecnologia é um privilégio deste século, e se o casal mantiver a confiança à distância pode até fortalecer os laços amorosos. Algumas atitudes positivas podem ajudar a manter o relacionamento a distância de forma saudável:

1. Mantenha seu parceiro informado. Conte sobre que esta acontecendo no seu dia-a-dia, isso ajuda a pessoa manter uma imagem mais real das pessoas e lugares que estão ao seu redor;

2. Foque nos aspectos positivos. Ser realista é importante, porém, para aliviar a dificuldade da distância, é importante manter a leveza e romantismo durante os contatos. Manter uma imagem positiva ajuda a manter o relacionamento de forma saudável;

3. Mantenha o nível de autocrítica o mais baixo possível. Pessoas autoconfiantes mantêm relacionamentos mais duradouros e maduros. Esta atitude positiva ajuda a aliviar sentimentos que podem surgir durante a separação como ciúmes e inseguranças;

4. Organize seu tempo para manter constante contato virtual com seu parceiro. Manter um contato regular ajuda a diminuir a distância, estimulando a união e o afeto entre o casal;

5. Mantenha o foco no objetivo da viagem (seja no estudo ou trabalho), isso ajuda a trazer um senso de realidade e tempo (há uma data de retorno), aliviando a saudade;

Mas, independente do momento que o seu coração está vivendo, é importante viver intensamente o amor próprio. Aprenda a viver sozinho, ser independente e apreciar a própria companhia, desenvolvendo autoconhecimento e lembre-se sempre de manter o foco no objetivo inicial da viagem principalmente se for aprender um novo idioma.

Crédito Foto: Leandro Ribas

Leia também:  Choque cultural – aprenda a se adaptar às diferenças

Por Silvana Sapyras Byrne, Psicóloga  Intercultural, com 13 anos de experiência, Membro da Sociedade de Psicologia da Irlanda. Atende pacientes de diferentes nacionalidades conduzindo sessões em espanhol, português e inglês, em seu consultório no centro de Dublin e por Skype. Contato: 0863429003 e-mail: [email protected]

Crédito Foto: Leandro Ribas

 Leia Também: 

Conheça Varsóvia, na Polônia


COMPARTILHAR
Silvana Sapyras
Psicóloga Intercultural, Membro da Sociedade de Psicologia da Irlanda. Silvana também trabalha com atendimento psicoterapeutico presencial em Dublin e por Skype para clientes residentes em outras localidades. Sua pagina no facebook é: facebook.com/Intercultural.Psychotherapy