Fazer um intercâmbio sem ainda falar o idioma local é a dúvida mais frequente entre aqueles que sonham em estudar no exterior

Quem nunca foi encorajado a fazer um intercâmbio, seja para aprimorar um outro idioma, para estudar em uma universidade ou para se especializar profissionalmente? No entanto, quando você pensa na ideia, imediatamente surge aquela dúvida clássica: será que é possível estudar no exterior sem dominar a língua do país de destino?

A resposta é sim. Você pode se tornar um intercambista sem ter, inicialmente, o domínio do idioma daquele local. Mas, para que sua viagem seja viável, neste caso, seu planejamento deverá ser condizente com a sua realidade. Como? Há diversos tipos de programas de intercâmbio preparados para oferecer, de forma adequada, o melhor para os estudantes. Logo, a pesquisa é fundamental para que seja escolhido o programa que atenda às suas necessidades.

Foto: Reprodução, Diomari-Madulara

Bem, se o objetivo do intercâmbio for o aprendizado de uma língua, será necessário optar por um país que ofereça boas escolas do idioma desejado. A diferença entre aprender em uma escola de idioma dentro do país de origem e no exterior  é justamente a limitação.

Por aqui, o conteúdo torna-se restrito ao ambiente educacional. Fora do país, há o ensino nas instituições e a vivência, em tempo integral, tanto da língua, quanto da cultura daquele povo. É uma experiência única e inesquecível.

Se o seu sonho é se graduar ou pós graduar em uma universidade de ponta, fora do seu país, é necessário estar em um nível mais avançado do idioma do país de destino, já que as instituições exigem exames de proficiência, para avaliar se o estudante está apto para conduzir seus estudos.

Já para os cursos de especialização, a recomendação é que se tenha, pelo menos, o nível intermediário. Geralmente as aulas focam em linguagens e posturas profissionais específicas, sendo necessário o mínimo domínio, para que haja compreensão do conteúdo programático.

Quer saber mais sobre os tipos de programas de intercâmbio? Há diversas agências conceituadas que oferecem assessorias e conduzem o estudante com  comodidade. Você pode solicitar mais informações das nossas empresas parceiras aqui.

Leia Também:

Estamos nas redes sociais. Siga-nos!
Então curta nossa página no facebook | Siga no Twitter @pressabroadpt
Se escreve no canal no YouTube | Confira também o Instagram

Conheça Varsóvia, na Polônia


COMPARTILHAR
Joyce Lima
Jornalista e assessora de comunicação, a área cultural é a sua paixão e, por isso, sempre busca conhecer costumes e culturas de diferentes lugares. A história de cada país e região a encanta e ela procura dividir isso de maneira mais fidedigna com os leitores. Carioca da gema e sem amarras segue livre buscando conhecimentos por onde passa.