img_5616Neste fim de semana, de 5 a 7 de setembro, Bruxelas vai viver num mundo cheio de cores. É o Comics Festival 2014 que leva para a cidade diversos personagens e atrações relacionadas às histórias em quadrinhos. O evento foi criado em 2010 como a continuação lógica da tira de quadrinhos com temática ano organizada em Bruxelas em 2009. Neste ano, Bruxelas vai experimentar um fim de semana muito colorido, com direito a visitas guiadas e exposições de quadrinhos. O Parque de Bruxelas vai acolher museus, exposições, editoras, livrarias, boutiques e sessões de autógrafos.

Confira a programação:

Sexta-feira – 05 de setembro

17:30 – Introdução aos quadrinhos turcos
Embora os belgas não seja exatamente especialistas em desenhos turcos, o país é uma ponte entre o Oriente e o Ocidente e é um país líder na nona arte.  O co-fundador do livro festival de quadrinhos Istanbulles em Istambul e editor-chefe do ActuaBD.com, Didier Pasamonik falarão sobre os segredos e encantos de desenhos animados turcos, bem como os principais autores turcos, incluindo o clássicos e os mais contemporâneos

Sábado- 06 de setembro

11:30 – Comics Alla Turca: imagens e estereótipos de turcos em quadrinhos franco-belgas
Como parte da comemoração do 50 º aniversário da imigração turca na Bélgica, Alain Servantie falará sobre os temas norteadores da exposição Comics Alla Turca: como as histórias em quadrinhos representam a Turquia e os turcos

13:00 – La Revue dessinée: o nascimento de uma nova mídia
La Revue dessinée, uma revista trimestral publicada em formato de banda desenhada online. O conceito será apresentado por Franck Bourgeron, editor-chefe do La Revue dessinée, Kris, seu diretor de comunicação, Sylvain Lapoix, David Vandermeulen e Daniel Blancou, escritores para La Revue.

15:00 – Guerra em quadrinhos: um assunto que “enche os balões”
Há uma série de histórias em quadrinhos em que as histórias estão ligadas à guerra. Por que a guerra tão interessante para os autores de quadrinhos? Kris e David Vandermeulen, autores que fizeram um monte de trabalho sobre este assunto, compartilharão seus pensamentos sobre o assunto em uma mesa redonda liderada por Daniel Couvreur, um jornalista do jornal Le Soir e fonte de conhecimento sobre desenhos animados.

jpg_2988416:30 – Fábricas e balões de fala: história em quadrinhos como um megafone para disputas trabalhistas:                                                           Louis Theillier e Laurent Galandon são dois autores de quadrinhos que olharam para a mobilização dos trabalhadores quando suas fábricas foram fechadas. Em “Johnson m’a tuer” Louis Theillier, ambos protagonista e testemunha, apresenta um diário detalhando esta disputa trabalhista. Laurent Galadon usa a história de “Lip” para falar sobre quando os relógios Lip foram feitos reféns pelos trabalhadores da fábrica. Esta mesa redonda, liderada por Daniel Couvreur, especialista em desenho animado e jornalista de Le Soir, irá comparar e contrastar essas duas histórias.

17:30 – O gás de xisto: investição de autores de quadrinhos
Onde é que o gás de xisto vem? Como essa nova energia redefinir a geopolítica mundial? Sylvain Lapoix e Daniel Blancou, os autores dos quadrinhos “energias extremos”, falarão sobre sua investigação amplamente documentada em gás de xisto e as conseqüências de seu uso.

19:00 – Desenho Concerto com YounnLocard, Ismail Dogan e Eugenio Nittolo
Nos cantos inebriantes de música turca tocada ao vivo, os jovens artistas Younn Locard (Orientais deriva), Eugenio Nittolo (La Camaradagem) e o caricaturista Ismail Dogan relatam suas visões da Turquia, como eles descobriram e experimentaram.

Domingo 07 de setembro

11:30 – viagens belga-turco e turco-belga
Três artistas: Walter Goossens, co-autor do Scrameustache, um episódio de que tem lugar na Turquia, Younn Locard e Ismail Dogan, uma história em quadrinhos autor do livro turco que emigrou para a Bélgica, a falar sobre sua Turquia, real e imaginário.

12:45: Drama nas minas de carvão: histórias em quadrinhos como uma testemunha
Sergio Salma analisa os meses que levaram à tragédia na mina de carvão Bois du Cazier em 1856 ema vida do dia-a-dia dos mineiros naquele momento. A conferência será liderada por Morgan Di Salvia, autor do posfácio histórico no livreto.

14:00 – Les Vieux Fournaux: Quando a realidade inspira a ficção
Lupano Wilfrid apresentará seu trabalho sobre a história dos quadrinhos “Les Vieux Fournaux”, que fala sobre dos dias atuais com toda a sua agitação social, política e cultural, bem como as suas crises.

15:00 – Foco na Comic Book Jornalismo
Fabrice Preyat, professor da Université Libre de Bruxelles (NFSR) e um aficionado de quadrinhos, falará sobre as histórias do jornalismo em quadrinhos, na companhia de autores especializados como Renaud De Heyn

16:00 – Comic Book Jornalismo: quando um jornalista usa quadrinhos para falar sobre sua experiência no Afeganistão
Repórter fala sobre “les larmes du seigneur afegão” (literalmente, as lágrimas de Senhor do Afeganistão). Este livro é uma adaptação de seus relatórios do Afeganistão, escritos em colaboração com o autor Zabus eo Campi ilustrador. Pascale Bourgaux pinta um retrato para nós de uma pequena aldeia afegã, sua situação complexa, ea vida do dia-a-dia lá, assim como o de um repórter de liderança no chão.

Com informações do Visit Brussels