O programa é voltado para profissionais das áreas de alimentação, saúde, meio ambiente e patrimônio cultural

Profissionais latino-americanos de países membros do Instituto Internacional Ítalo-Latino-Americano (IILA) poderão concorrer a uma bolsa de estudos para as áreas de alimentação, saúde, meio-ambiente e patrimônio cultural, na Itália. As inscrições deverão ser realizadas até o dia 17 de novembro.

O programa tem de três a seis meses de duração e oferece um estágio pós-universitário com a finalidade de aprimorar os conhecimentos profissionais dos graduados nos setores destacados acima. As atividades serão realizadas em instituições de excelência localizadas em diversas cidades italianas, entre elas estão universidades, institutos de pesquisa, hospitais, escolas de restauração e demais centros locais. Mais informações podem ser conferidas aqui.

Foto by: Davide Cantelli

As bolsas oferecem auxílio mensal de 1,2 mil euros, que cobre custos de acomodação, alimentação e seguro saúde. No entanto, as despesas com passagens aéreas de ida e volta da Itália ficam por conta do bolsista ou da organização para qual ele atua.  

Inscrição

São elegíveis os candidatos cujas nacionalidades são de países membros do IILA, são eles: Argentina, Estado Plurinacional da Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e a Venezuela.

Os profissionais deverão comprovar graduação no setor (ou em áreas relacionadas) de alimentação, saúde, meio ambiente ou patrimônio cultural. Os concorrentes devem ter até 35 anos para disputar as bolsas, com exceção da área de saúde, que exige idade máxima de 40 anos.  É necessária a experiência em entidade pública, privada ou ONG.

Cada setor disponibiliza um formulário, no portal do IILA, que deverá ser preenchido e anexado ao e-mail [email protected], no ato da inscrição. Além disso, o candidato precisa anexar também os seguintes documentos:

  • Esquema do projeto que pretende desenvolver (com até 300 palavras);
  • Texto que justifique a importância da bolsa para o seu trabalho (com até 200 palavras);
  • Cópia dos diplomas universitários; certificado de saúde física e mental (com até três meses da apresentação da candidatura);
  • Carta de apresentação da instituição na qual trabalha; carta de tutoria;
  • Certificado de conhecimento da língua italiana (Não é obrigatório).

Leia Também:

Estamos nas redes sociais. Siga-nos!
Então curta nossa página no facebook | Siga no Twitter @pressabroadpt
Se escreve no canal no YouTube | Confira também o Instagram

 

Conheça Varsóvia, na Polônia


COMPARTILHAR
Joyce Lima
Jornalista e assessora de comunicação, a área cultural é a sua paixão e, por isso, sempre busca conhecer costumes e culturas de diferentes lugares. A história de cada país e região a encanta e ela procura dividir isso de maneira mais fidedigna com os leitores. Carioca da gema e sem amarras segue livre buscando conhecimentos por onde passa.