Viver sob pressão não é fácil! E quem faz intercâmbio sabe bem o que é isso. Tem a ansiedade por viver em meio a uma cultura diferente, aprender um novo idioma, descobrir como se virar numa cidade desconhecida, mais a questão financeira, a saudade que insiste em bater e a família e os amigos querendo saber se seu escolha foi a mais acertada. Isso tudo pode provocar o chamado estresse – o mal do século 21!

O excesso de informações e preocupações são as principais causas do estresse e para driblá-lo as receitas são muitas – atividades físicas, meditação e assim vai. O Press Abroad apresenta a lista de alimentos que controlam os sintomas do estresse contribuindo para a saúde mental e física de quem está enfrentando uma fase complicada e bastante turbulenta.

1.- Frutas secas: São fonte de pura energia e fácil de serem encontradas em qualquer supermercado com preços acessíveis. Elas contém antioxidantes e vitaminas que aliviam a fadiga e o estresse.

 Frutos Secos

2.- Chá: O chá está nas mais diversas culturas e trazem inúmeros beneficios. A diferença do chá para o café é que alguns tipos ajudam a relaxar, como o chá de camomila, o chá verde e o chá preto.

 te

3.- Carnes brancas e vermelhas: A proteína que se perde em momentos de estresse devem ser recuperadas com as carnes vermelhas e também com peixes que possuem alto nível de vitamina B12, essencial para o sistema nervoso.

 pescado

4.- Cereais: Os cereais como aveia ou outros integrais são ideais para quem quer fazer uma dieta rica em fibras e controlar todo o estresse cotidiano. O alimento possui aminoácido esencial para produzir a serotonina, substância responsável pelo estado de ânimo e relaxamento.

 cereales integrales

5. – Verduras verdes: Verdura sempre faz bem para o organismo, mas espinagfre e acelga, por exemplo, são fontes de magnésio, mineral que ajuda a relaxar os músculos e controlar os nervos

 verduras verdes

Agora que você já conhece alguns alimentos, faça uma lista para manter as refeições equilibradas, saudáveis e cheias de energia para você curtir apenas a parte boa do intercâmbio.

Imagens: Reprodução