Tirar o visto para os Estados Unidos ainda é uma tarefa chatinha, bem burocrática e que deixa muitos turistas receosos quanto ao processo. Além do “medo”, a taxa é cara (U$S 160) e não é devolvida caso o visto seja negado. Hoje, vamos tentar te ajudar e explicar um pouquinho de como funciona tudo isso.

eua 1

Primeiro passo: preencher o formulário DS-160.
O negócio começa a complicar já aqui. O formulário é em inglês, então se você não domina o idioma, terá que pedir ajuda. Antes de começar a preencher, junte toda a documentação que você vai precisar: passaportes (atual e antigos, se houver); datas de viagens anteriores e informações de contato de onde ficará nos EUA. Se você ainda não sabe onde vai se hospedar, coloque apenas N/A (not available – não está disponível). Não deixe em branco.

Tenha muita atenção às perguntas, respondendo tudo! A cada passo que você der, salve, pois o site fica instável de vez em quando e você pode perder tudo o que fez. Não esqueça de imprimir a página de confirmação.

Para quem tem alguma dúvida ainda, o site da Embaixada Americana tem um arquivo ensinando a preencher o formulário.

Segundo passo: pagar a taxa de US$ 160 (MRV).
Isso pode ser feito pelo site, com cartão de crédito, por telefone, em dinheiro em qualquer agência do Citibank e boleto bancário. Lembrando que a taxa é válida por um ano a partir da data de pagamento.

Terceiro passo: entrevista.
Não esqueça de levar o comprovante de pagamento da taxa, passaporte válido com até seis meses de validade a partir da data da viagem e a página de confirmação do formulário DS-160 impressa. Não custa levar também uma foto 5×7, pois às vezes o formulário aceita, mas não fica tão bom.

A maior preocupação é que as pessoas entrem nos EUA para morar lá, então leve todo tipo de documentação que prove que você tem fortes vínculos com o Brasil, como carteira de trabalho, declaração de imposto de renda, contra-cheques, extratos bancários, documento de carro e imóvel em seu nome e declaração de instituição de ensino, caso seja estudante. Se alguém está custeando a viagem, também é preciso levar documentação da pessoa: declaração do imposto de renda, cópia do CPF e identidade, documentação de imóveis e carros, comprovantes de residência e extratos bancários.

av4

Esse conteúdo foi publicado originalmente em Fashion Jacket.