Confira o passo a passo para garantir o documento

Adquirir um visto para a Irlanda não tem mistério e nem dificuldade, basta ficar atento às exigências da imigração irlandesa. O país reúne, ao todo, um total de oito tipos de vistos, são eles:

STAMP 0 (temporário), STAMP 1 (visto de trabalho), STAMP 1A (visto de estágio), STAMP 2 (visto de estudante com permissão para trabalho), STAMP 2A (visto de estudante sem permissão para trabalho), STAMP 3 (permanência sem permissão para trabalho), STAMP 4 (permanência), STAMP 1G (visto para estudante recém-graduado – nível superior, em universidades irlandesas, com permissão para trabalho).

Geralmente, o STAMP 2 é o mais solicitado pelos brasileiros que desejam fazer um intercâmbio na Ilha Esmeralda. Por isso, explicaremos todos os procedimentos para conseguir o documento e, dessa forma, seguir com tranquilidade o período de estadia,

Foto: Dublin, reprodução

Acomodação

Ao chegar à Irlanda, durante as duas primeiras semanas, o estudante terá uma acomodação provisória para que ele consiga iniciar as questões burocráticas, relacionadas à imigração, e buscar um endereço fixo, que será exigido caso abra conta bancária em uma agência do país.  

Carta da Escola

A Carta da Escola é um documento emitido pela sua instituição de ensino irlandesa e é fundamental para comprovar que está matriculado em algum curso. Isso garante ao desembarcar no país a obtenção de um visto temporário de 30 dias em média (tempo estipulado para reunir todos os documentos exigidos para adquirir o visto STAMP 2) e a abertura de conta bancária no país.

Comprovação de Renda

Para ter o STAMP 2, os estudantes brasileiros precisam dispor de uma quantia mínima de três mil euros (além do pagamento do programa de estudos), para confirmar que possuem condições de arcar com as despesas no país (taxas e despesas relacionadas à moradia).  

Há quatro opções que possibilitam a comprovação da renda, são elas: abertura de conta bancária na Irlanda, neste caso, será necessário apresentar a carta da escola + passaporte, depositar a quantia e realizar a retirada do extrato; trazer um extrato de sua conta no Brasil, com data de menos de um mês de emissão, além de um extrato anterior, acompanhados pelo cartão de débito da mesma conta, sendo o próprio o titular da conta corrente; trazer o extrato atual do cartão pré-pago, comprovando que há fundos suficientes, sendo essa a maneira mais segura e rápida; ou comprovar a renda por meio do Bank Draft, cheque nominal.

Seguro Saúde Governamental Obrigatório

Ter um seguro saúde estabelecido na Irlanda é uma obrigatoriedade para os estudantes estrangeiros. O Seguro Governamental é o convênio mais comum entre os intercambistas por possuir um baixo custo. Ele pode ser solicitado diretamente nas instituições de ensino ou nas agências de intercâmbio. 

Agende a retirada do GNIB

O agendamento para retirar o GNIB é realizado online, por meio do portal Irish Naturalisation & Immigration ServiceO procedimento pode ser feito após o cumprimento das etapas anteriores.

O GNIB é o cartão de identificação, ou cartão de residente, com informações sobre a validade do visto. Embora já exista um visto estampado no passaporte, o estudante também recebe o GNIB. É importante transitar pelo país com este documento. Ele é retirado na Irlanda, na Garda National Immigration Bureau.

Para realizar o processo é necessário estar munido de passaporte válido; carta da escola; comprovação de três mil euros; Seguro Saúde Governamental; e da quantia de 300 euros para efetuar o pagamento da emissão do GNIB, que, também, pode ser realizado por meio de cartão de débito ou crédito.

Entenda sobre o STAMP 2

O visto concede ao estudante a possibilidade de estudar e trabalhar, na Irlanda, por até oito meses. Com o STAMP 2 é possível passar seis meses em aula e dois meses em férias. Logo, o curso escolhido deverá ter duração de até 25 semanas.  

O trabalho pode ser realizado em meio período durante as aulas e integral nas férias, que deverão estar nos meses de maio, junho, julho e agosto e entre os dias 15 de dezembro 15 de janeiro.  Mais informações podem ser obtidas no portal do INIS, órgão irlandês que gerencia as questões de naturalização e imigração do país.

E você está esperando o que para planejar o seu intercâmbio para Irlanda? Solicite um orçamento personalizado com uma empresa parceira aqui.

Leia Também:

Estamos nas redes sociais. Siga-nos

Então curta nossa página no facebook | Siga no Twitter @pressabroadpt

Se escreve no canal no YouTube | Confira também o Instagram


Joyce Lima
Jornalista e assessora de comunicação, a área cultural é a sua paixão e, por isso, sempre busca conhecer costumes e culturas de diferentes lugares. A história de cada país e região a encanta e ela procura dividir isso de maneira mais fidedigna com os leitores. Carioca da gema e sem amarras segue livre buscando conhecimentos por onde passa.