Se o seu desejo é fazer um intercâmbio na Irlanda, é preciso saber que será necessário se planejar bem para diminuir as chances de algo dar errado. Com tantos detalhes para ver, entre escola, acomodação, passagens, documentos, vistos e mais, fazer as coisas com calma é essencial.

Comprovar três mil euros para o visto da Irlanda é um assunto que costuma dar uma boa dor de cabeça para os estudantes que vão até o país para estudar inglês.

Se você está pensando em visitar a Ilha Esmeralda com o visto de estudante, o Stamp 2, confira as dicas para tornar esta etapa mais tranquila!

Por que você precisa comprovar três mil euros

Comprovar três mil euros para o visto da Irlanda é basicamente dizer ao governo irlandês que você possui dinheiro suficiente para se manter por lá. Assim, caso der algum problema, você tem uma grana disponível para arcar com custos.

É claro que você ainda consegue trabalhar e estudar, o que facilita bastante. Mas isso acontece somente depois de você agendar o seu GNIB e ter o seu sonhado Stamp 2 em mãos.

Lembrando que os três mil euros só precisam ser comprovados para estudantes que permanecerão no país entre 6 a 8 meses.

São as regras da Irlanda para permitir que tudo ocorra tranquilamente e qualquer pessoa possa viver e se manter por conta própria no país.

Então, como levar tudo isso e comprovar a quantia valor para o governo irlandês?

Formas de comprovar três mil euros na Irlanda

Atualmente é possível comprovar três mil euros de diferentes maneiras. Você pode apresentar um extrato da uma conta bancária em seu nome, sacar toda a grana em espécie e realizar um Bank Draft ou mostrar o seu extrato de um cartão pré-pago, ou o famoso VTM.

Não faz muito tempo que a Irlanda mudou a maneira de como os três mil euros podem ser comprovados. Anteriormente, a quantia só poderia ser comprovada por meio de um extrato de um banco irlandês – ou seja, você teria que primeiro abrir uma conta com uma carta de sua escola de inglês.

E aí então, poderia abrir sua conta, depositar o dinheiro ali e levar na imigração.

Acontece que há um grande fluxo de brasileiros e outras pessoas de nacionalidades diferentes indo estudar por lá. Então, o governo decidiu facilitar um pouco a vida e liberar outras formas de exibir os seus euros.

comprovar três mil euros para a irlanda

Extrato de conta bancária estrangeira

Se você tem um conta bancária no Brasil em seu nome que permite saques no exterior, é possível emitir um da sua própria conta. O extrato precisa ter menos um mês de emissão e você ainda precisa apresentar um outro extrato que esteja vinculado ao cartão de débito que será usado no país.

Bank Draft

O Bank Draft é uma comprovação de que o valor está em uma instituição financeira irlandesa. Para fazer isso, você pode trazer os três mil euros para o visto da Irlanda em espécie. Assim que chegar ao país, basta ir até os Correios (ou postal office) com o seu passaporte e trocar o valor por alguns cheques nominais.

Extrato de cartão pré-pago de débito ou crédito

Esta é uma das formas mais seguras e simples de comprovar o valor. Basta emitir um extrato de até 30 dias do seu cartão VTM para a imigração e apresentá-lo.

Além dos três mil euros, quanto devo levar?

Recomenda-se não gastar os três mil euros até você estar com o seu visto em mãos. Por isso, além do valor estipulado, é importante levar mil euros adicionais para gastar com alimentação, transporte e situações de emergência. Esta é uma das situações em que é melhor sobrar do que faltar.

Você pode acabar gastando um pouco mais no primeiro mês, então recomenda-se que traga 4 mil euros.

Agora que você já sabe como comprovar três mil euros para o visto da Irlanda, que tal conhecer outras dicas sobre o país?


Verônica Motti
Verônica Motti é brasileira, trabalha com redação e produção de conteúdo digital e acredita na escrita como uma forma de se expressar, transmitir amor e compartilhar experiências. Após viajar por um ano entre a Europa e Ásia, decidiu ter menos coisas e ser mais. Saiba mais sobre suas experiências no seu Instagram @vero.motti.