O Reino Unido passou por várias mudanças na emissão de vistos nos últimos anos. Mudanças que, certamente, influenciaram as decisões de brasileiros na escolha seu destino para intercâmbio. Se você pensa em passar um tempo em algum país do Reino Unido, passeando, estudando ou trabalhando, fique de olha nas exigências e aproveite o que os ingleses têm a oferecer.

Se o objetivo for turismo ou estudo por menos de 6 meses, você não precisa se preocupar com o visto. É preciso certificar-se, no entanto, que seu passaporte tenha validade mínima de 6 meses a partir da data de embarque e maior que 6 meses se você for viajar por outros países durante o período em que estiver na Inglaterra. Para outras situações, vale lembrar que são, atualmente, emitidos 5 tipos de visto pelo Reino Unido:

Tipos de visto (TIER)

Tier 1 – Estudantes de pós-graduação formados no Reino Unido, profissionais de alta qualificação, pessoas que queiram investir no Reino Unido (com recursos mínimos de £200.000 mil libras) e investidores (com recursos de mais de £1.000,000 de libras).

Tier 2 – Profissionais qualificados com oferta de emprego de um empregador baseado no Reino Unido.

Tier 3 – este tipo de visto está suspenso, sem previsão para retorno (costumava se usado para trabalhadores de baixa qualificação);

Tier 4 – O Tier 4 é o nome do visto expedido pelo governo britânico para que você possa estudar na Inglaterra.

Tier5 – trabalhadores temporários e esquema de mobilidade dos jovens. Máxima estadia de 12 meses para trabalhadores temporários e 24 meses para o esquema de mobilidade dos jovens. Todos o candidatos deste tipo de visto devem obter 30 pontos através do certificado de patrocínio obtido por um empregador (com exceção do esquema de mobilidade dos jovens) e 10 pontos de manutenção financeira (mostrar que você recursos financeiros o suficiente);

Visto de Estudante (Tier 4) para até 06 meses

O Tier 4 é o visto mais comum para estudantes brasileiros.

Curso com duração menor que 6 meses

Se o seu curso for menor que 6 meses, não é necessário aplicar pro SVV (Student Visitor Visa, em inglês) antes da viagem. Você receberá o visto aqui na sua chegada ao aeroporto, desde que cumpra as outras condições da Imigração para entrar no Reino Unido.

Curso com duração superior a 6 meses

Os estudantes brasileiros que querem estudar no Reino Unido por um período máximo de 6 meses não precisam requerer um visto do Brasil. Você receberá o Visto de Estudante Visitante na sua chegada na Inglaterra, mediante apresentação dos documentos de confirmação do seu curso ao oficial de Imigração. Enquanto o estudante estiver no Reino Unido como um visitante, não é possível trocar o visto e estender a sua permanência. Se o aluno deseja permanecer no Reino Unido como estudante, deve voltar para o Brasil e aplicar para o visto requerido.

Caso o seu curso seja de 6 meses ou mais, você terá que aplicar antes da sua viagem pro Extended Student Visitor Visa ( ESVV ). Importante lembrar também que, para esse tipo de visto, o estudante não precisa ter nenhum conhecido da língua inglesa.

Tier 4 – Visto de estudante visitante (de 6 a 11 meses)

Se você tem mais de 18 anos e quer fazer um curso de língua entre 7 e 11 meses, você vai precisar de um Visto de Estudante Visitante. Voltado especialmente para aqueles cujo objetivo é fazer cursos de curta duração, essa modalidade de visto não oferece ao estudante autorização para trabalhar, troca ou prorrogação de visto. O período máximo de permanência no Reino Unido com o visto de estudante é de 11 meses e esse visto deve ser aplicado e obtido ainda no Brasil.

Importante lembrar também que, para esse tipo de visto, o estudante não precisa ter nenhum conhecimento da língua inglesa.

Tier 4 – Visto de estudante adulto

Para cursos com duração superiora a 11 meses, é necessário solicitar o “Visto de Estudante Adulto”. Baseado em um sistema de pontos, o sistema funciona da seguinte maneira.

Para obter o Visto de Estudante Adulto, o intercambista precisa alcançar uma pontuação total de 40 pontos. Os pontos são dados através dos seguintes critérios:

Escolas credenciadas

O aluno recebe os primeiros 30 pontos são obtidos quando tiver a sua matrícula aceita em alguma das escolas/faculdades credenciadas pelo Accreditation UK e/ou pelo UKBA Register of Sponsors. Ambas instituições são credenciadas pelo governo do Reino Unido para avaliar e regular o funcionamento das instituições de ensino do Reino Unido;  Esse “documento” se chama CAS – Confirmation of Acceptance for Study e é documento que contém algumas informações oferecidas pela instituição de ensino que são necessários para o visto (esse documento pode ser recebido por e-mail). Por isso é tão importante a ajuda de uma agência de intercâmbio. Todas as escolas ligadas à Inglaterra Brasil possuem essa certificação.

Garantia de fundos

Os 10 pontos finais serão obtidos mostrando que você tem fundos suficientes para custear seu curso e suas despesas pessoais no Reino Unido. Na hora que a solicitação de visto for solicitada, o estudante deve apresentar uma conta própria com o valor exigido para cobrir as despesas mensais durante o período de estudo. De acordo com o governo britânico, o cálculo de despesas é feito da seguinte maneira.

£1000.00 para cada mês de curso em Londres;

£800.00 para cada mês de curso em outras cidades;

Porém, o valor-limite é de 9 meses. Ou seja, mesmo que um curso escolhido tenha a duração de 12 meses, o valor total necessário será o de 9 meses.

Caso o curso seja em outra cidade, o valor necessário para cursos com mais de 9 meses de duração será de £7,2 mil libras (£800 libras x 9 meses);

Importante lembrar que toda documentação a ser apresentada incluindo extratos bancários e certificado de escolas deverá ser traduzida para o inglês, feita por um tradutor juramentado, (autorizado legalmente a fazer traduções oficiais).

Nível de inglês

Para este tipo de visto, o estudante precisa comprovar conhecimentos na língua inglesa. O nível mínimo exigido é o B1, que equivale ao nível Intermediário do CEFR (Common European Framework of Reference). Além disso, é preciso comprovar que o estudante já estudou inglês previamente no Brasil. Também é necessário um teste oficial de inglês, fornecido pela UKBA.

Tier 4 – Prospective Students

Você pode aplicar para o visto de “prospective student” se você quiser estudar no Reino Unido mesmo antes de ter todas as qualificações necessárias para estudar no país (por exemplo: Inglês abaixo do nível intermediário ou antes de caso você tenha que participar de um processo seletivo e/ou entrevista antes de ser aceito em alguma universidade britânica.

Nesse caso (ao contrário do visto de estudante de 6 a 11 meses), é permitida a troca de categoria de visto enquanto você está no Reino Unido.

Fonte: Brasil Inglaterra | Imagem reprodução