Alemanha, o seu destino musical

Se fazer intercâmbio é algo muito legal, melhor ainda é quando estudo e diversão entra em sintonia. Quem pretende seguir a carreira de músico ou fazer uma especialização mais aprofundada, a Alemanha pode ser um destino interessante, pois foi o país que eternizou muitos gênios como Beethoven, Mozart e Sebastian Bach.

As cidades de Freiburg e Mannheim são destinos perfeitos para o aprimoramento dos estudos musicais. Freiburg está situada no extremo sul da Alemanha. A cidade tem aproximadamente 220.000 habitantes e cerca de 30.000 deles são estudantes. A renomada Universidade Albert-Ludwig goza de um status de excelência, sendo uma das mais antigas escolas superiores de música reconhecida internacionalmente.

Freiburg-alemanha-destino-intercambio-press-abroad
Imagem reprodução

A segunda opção é ir estudar em Mannheim que sedia duas das mais importantes universidades de música da Alemanha: a Faculdade de Música e Artes Cênicas e a Pop Akademie. Esta última se encarrega de manter viva a tradição clássica, incentivando novos talentos em jazz e música popular.

mannheim-intercambio-alemanha-press-abroad
Imagem reprodução

O Festival Time Warp que acontece anualmente em Mannheim é um exemplo vivo disto. Todos os anos vários músicos, produtores e DJs consagrados encontram-se neste festival para apresentar o melhor que existe na música eletrônica mundial. O festival roda o mundo inteiro e começou através de uma iniciativa de jovens produtores e músicos alemães.

Portanto, se o objetivo é fazer intercâmbio na área musical, a Alemanha oferece dois destinos que vai do clássico ao contemporâneo. Pode ser o destino perfeito para quem quer se aventurar sem perder o ritmo.

Leia também:


Flávia Santos
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com Mestrado pela Universidade Nova de Lisboa em Portugal. Apaixonada por línguas, domina fluentemente os idiomas Português, Inglês, Alemão e Italiano e ainda arranha bem no Espanhol e Francês. Atualmente reside na Alemanha, mas já viveu em Portugal, Itália e Inglaterra.