Programa Férias-Trabalho já está em vigor. Saiba como participar do programa para a França.

O Programa Férias-Trabalho já está em vigor, desde o dia 1º de março, este é um acordo bilateral entre o Brasil e a França, com a finalidade de facilitar o intercâmbio entre os profissionais dos dois países, com idade entre 18 e 30 anos. Essa é a chance do viajante conhecer a cultura local e adquirir experiências no mercado de trabalho estrangeiro.

“A experiência profissional adquirida, para além de uma simples forma de completar seus recursos financeiros, permite a descoberta da sociedade do país de acolhimento e de seu modo de vida”, ressalta a Embaixada da França no Brasil.

Para os brasileiros, é importante ressaltar que não há oferecimento de qualquer tipo de bolsa auxílio, logo, é necessário comprovar que há meios de sustento para sobrevivência na França. O mesmo vale para os franceses que vierem para Brasil. Está se programando para a viagem rumo ao país europeu? Entre com o seu pedido de adesão ao programa com, no máximo, dois meses de antecedência do embarque.

Como participar?

No caso dos profissionais do Brasil, é necessário solicitar o visto de longa duração para o Programa Férias-Trabalho, na França, que tem a validade de um ano, por isso, a estadia não deve exceder o tempo limite. O pedido pode ser realizado via internet, no portal da Embaixada da França.

Confira as exigências:

  • Formulário de pedido de visto de longa duração devidamente preenchido e assinado;
  • Duas fotos 3,5 x 4,5 atuais normes OACI, 3,5 X 4,5 cm;
  • Passaporte com pelo menos um ano e três meses de validade (cópias das paginas contendo seus dados pessoais);
  • Comprovante de residência no Brasil;
  • Cópia da identidade;
  • Uma carta de motivação descrevendo o objetivo da viagem assim como seu C.V. Conhecimento da língua francesa recomendado;
  • Comprovantes financeiros pessoais: último extrato bancário pessoal recente (menos de um mês) ou uma declaração do banco comprovando um valor de pelo menos 2.500 euros, ou o equivalente a 2.500 euros em reais – o cartão de crédito ou meios financeiros de terceiros não serão aceitos;
  • Seguro de saúde internacional para toda a duração da estadia. Este seguro deve cobrir todos os riscos de doenças, maternidade, invalidez e repatriamento;
  • Certificado médico atestando boa saúde;
  • Antecedentes criminais;
  • Justificativa de rendimentos suficientes.

Conheça Varsóvia, na Polônia


COMPARTILHAR
Neutton Rodrigues
Luso-brasileiro, nômade por natureza, Neutton já visitou mais de 25 países. Após concluir o curso de Comunicação Audiovisual e Multimídia, em Portugal, resolveu apostar na Espanha, onde especializou-se em Comunicação Corporativa e Marketing Digital. Atualmente, reside na Irlanda, mas segue apaixonado pela cultura ibérica! É o idealizador do Portal Press Abroad e junto de parceiros tem o intuito de incentivar pessoas a viver experiências pelo mundo.