Atualmente, para acompanhar as exigências do mercado de trabalho, é de extrema importância investir em um intercâmbio acadêmico no exterior. A Espanha vem se destacando como uma das preferidas dos brasileiros e por isso elaboramos 5 razões para você estudar em Salamanca. 

Localizada a 212 quilômetros de Madri (2 horas de carro) e situada à beira do Rio Tormes, na Comunidade Autônoma de Castilla y Leon, Salamanca pode ser considerada uma cidade com várias “cidades” dentro dela, um charme só.

As várias cidades, 1) cidade universitária, 2) cidade da perdição, 3) cidade patrimônio da humanidade e capital europeia da cultura,  4) cidade do idioma espanhol, 5) cidade dourada, são cinco razões pra você desembarcar em Salamanca!

salamanca-espanha-intercmabio-press-abroad
Imagem: reprodução

Cidade Universitária

A Universidade de Salamanca, fundada em 1218, é a mais antiga da Península Ibérica e a quarta mais antiga da Europa. O auge da fama da instituição atingiu-se em finais do século XVI, período em que nela conviveram alguns dos intelectuais mais brilhantes da Península Ibérica. Por volta de 1580, a Universidade admitia cerca de 6.500 estudantes novos a cada ano, fazendo dela uma das maiores do mundo.

Com mais de 35.000 alunos, a Universidade de Salamanca é, hoje, uma das instituições universitárias mais prestigiadas da Europa, atraindo estudantes de toda a Espanha e do mundo.

“Cidade da Perdição”

A vida noturna em Salamanca é muito animada, é viva.

Suas ruas são cheias de jovens a qualquer hora e em qualquer época do ano, em função do “andamento” estudantil. Contando com mais de 2.000 discotecas e bares com todos os estilos de músicas e de tribos urbanas, a cidade não para de noite; a altas horas da madrugada, é possível continuar a diversão em bares, pubs e “night clubs” por toda a cidade.

Por considerar-se que toda essa diversão acaba desviando a maioria dos estudantes da real intenção universitária, ou seja, os estudos, vem a nomenclatura “cidade da perdição”!

Cidade Patrimônio da Humanidade e Capital Europeia da Cultura

praça-maior-salamanca-intercambio-salamanca-espanha-press-abroad
Imagem: reprodução

Com inúmeros monumentos arquitetônicos, um passeio por Salamanca é como uma visita a um museu a céu aberto. É uma das cidades mais ricas em monumentos da Idade Média, do Renascimento e das épocas Clássica e Barroca.

Sua tradição humanista e a riqueza de seu patrimônio histórico artístico fizeram com que em 1988 fosse nomeada Cidade Patrimônio da Humanidade pela Unesco e, em 2002, Capital Europeia da Cultura.

Cidade do idioma Espanhol

Salamanca é conhecida como a cidade do idioma espanhol por muitas razões. Está localizada no berço original do idioma, a Castilla. O “castelhano” foi estabelecido como língua oficial da Espanha em 1492, quando o país começou a se consolidar. De acordo com a Constituição espanhola de 1978, o castelhano é considerado língua oficial em toda a Espanha, mas nas regiões onde há um idioma próprio, este possui valor co-oficial, como por exemplo Barcelona (catalão), Galícia (galego) e País Basco (basco).

Por ser tradicionalmente conhecida pelo seu espanhol correto puro, milhares de estudantes espanhóis vão a Salamanca aprender, aperfeiçoar e praticar o idioma espanhol, o que a transforma em uma das referências nacionais do turismo idiomático.

É uma cidade receptiva, dinâmica, segura e bem cuidada, características que, junto com o prestígio e a tradição de sua universidade e seus centros de ensino, fazem com que seja um lugar idôneo para a aprendizagem e o aperfeiçoamento do idioma.

Sendo assim, não é por acaso que a Universidade de Salamanca é a principal responsável pelo exame que mundialmente se realiza em mais de 50 países para a obtenção do único Diploma de Espanhol expedido pelas autoridades educativas nacionais, o Diploma de Español como Lengua Extranjera (DELE).

salamanca-espanha-press-abroad-dicas-intercambio
Imagem: reprodução

Cidade Dourada

O arenito de ouro de Villamayor (uma pedra esponjosa típica da região, com alta concentração de ferro) constitui as belíssimas construções de Salamanca. Sua coloração amarelada, que, dependendo das condições climáticas, fica mais ou menos escura, confere à cidade uma cor quase dourada, um dos segredos de sua beleza. Todo o conjunto arquitetônico é feito com esta pedra, o que dá um ar diferente à cidade.

Por todos esses motivos, Salamanca está à sua espera!

Leia também:

 Estamos nas redes sociais. Siga-nos!

Então curta nossa página no facebook | Siga no Twitter @pressabroadpt
Se escreve no canal no YouTube | Confira também o Instagram

Conheça Varsóvia, na Polônia


COMPARTILHAR
Paula Granado
Paula é pedagoga, mestre em Educação, designer de interiores, nômade e pesquisadora. Falar sobre artes, cultura e educação faz parte de sua essência. Adora viajar, conhecer novos lugares e estilos de vida. Já morou em Dublin, Salamanca e atualmente vive em Barcelona. Especialista no tema “cidadania e nacionalidade estrangeira”, sonha com o dia em que existirá uma lei que obrigue todas as pessoas a viajar e explorar lugares desconhecidos!